APCA
UNIDADES DE CIRURGIA AMBULATÓRIA NO CENTRO HOSPITALAR DE SETÚBAL. E.P.E.

O Centro Hospitalar de Setúbal funciona distribuído por mais do que 1 polo, sendo que em 2 deles existem UCA´s.

Existe a UCA 1, no hospital de S. Bernardo em Setúbal e a UCA 2 no Hospital Ortopédico de Santiago do Outão.

A UCA I tem um modelo organizacional integrada, partilhando o Bloco Operatório Central, onde utiliza uma das 6 salas (a sala nº 3).

Partilha corpo de assistentes operacionais e enfermeiros com o restante bloco central, tal como materiais, instrumental operatório e consumíveis.

As assistentes técnicas (secretárias de unidade) são 3, e específicas para nossa utilização.

Tem Recobro Fase 1 e fase 2 integrados no BO Central, e 12 camas para pernoita, integradas na Enfermaria do 3º piso, Especialidades Cirúrgicas, mas que funciona segundo o nosso regulamento, com enfermeiros e AO´s daquela enfermaria.

Os doentes são previamente seleccionados para pernoita ou não, dependendo do critério do cirurgião e confirmado pelo critério do anestesiologista (este com critério prevalecente). Daqui resultam 2 listas independentes de doentes: com e sem pernoita.

Na consulta de enfermagem é fornecida toda a informação considerada pertinente e entregue ao utente um guia orientador escrito com os procedimentos e funcionamento da UCA (guia utente).

A avaliação pós-operatória é feita através de um inquérito universal às 24 horas, efetuado pelo telefone por enfermeiras que trabalham na UCA. As respostas da UCA I são registadas numa base de dados por nós criada, que conta assim com cerca mais de 6.000 registos, desde o 1º dia de funcionamento.

É coordenada pelo Dr Luis Branco, assistente do serviço de Cirurgia Geral e pela enfª graduada Helena Ribeiro.

A UCA II é uma unidade satélite, funciona com um centro de custos com instalações de bloco e recobro próprias.

A seleção inicial dos doentes é feita pelo cirurgião. Na consulta de anestesia reconsidera-se o critério de efetuar a cirurgia com ou sem pernoita, efetuada em camas pré destinadas na enfermaria. Na consulta de enfermagem é fornecida toda a informação considerada pertinente e entregue ao utente um guia orientador escrito com os procedimentos e funcionamento da UCA (guia utente).

Todo o staff é partilhado com o BO II com exceção do secretariado da unidade que é efetuado por 1 assistente técnica.

Na UCA II funcionam as especialidades de Ortopedia, Cirurgia Plástica e Dermatologia.

A avaliação pós-operatória é feita através de um inquérito às 24 horas, efetuado por telefone pelos enfermeiros da UCA. Também é feito um telefonema aos 30 dias para avaliação do retomar da atividade pelos mesmos.

Os dados recolhidos nos inquéritos são igualmente registados e alvo de auditoria clínica.

É coordenada pela Dr.ª Helena Gião, assistente graduada sénior do serviço de Anestesiologia e pela enfª graduada Paula Pinto.

Em ambas as unidades é dispensada medicação de pós-operatório, como previsto na lei. São prescritos pelo anestesiologista, segundo protocolos previamente definidos em ambas as Unidades.


Recomendações para a Abordagem Anestésica do doente Idoso e do doente Obeso em Cirurgia Ambulatória
Congreso ASECMA 2017
European Hernai Society - 2017 Vienna

12th IAAS International Congress - Beijim

JAB 2017 - PARIS

Inscreva-se na APCA

Informação sobre o Tromboembolismo Venoso
Jornal do Congresso - 2014
Recomendações - Anestesia Regional em CA
Recomendações -Tromboprofilaxia em Cirurgia Ambulatória

International Association for Ambulatory Surgery

Mailing list APCA